26 e 27 de Outubro 2017

das 9:30h às 17:30h
Dia 26 - 18:00 - Coquetel de lançamento do Livro "Privacidade, Sigilo e Compartilhamento"

Centro de Pesquisa e Formação
do Sesc de São Paulo

TRABALHOS

Envio dos Trabalhos: até 15 de setembro de 2017

Sobre o evento

O objetivo do seminário é atualizar a discussão sobre a liberdade de expressão, sobre os aspectos originados pela complexidade social na atualidade, bem como sobre cenário político contemporâneo e suas decorrências. Temas como o pós-colonialismo, a pós-verdade, a relação entre globalização e regionalismo e a judicialização dos conceitos de memória e esquecimento, entre outros, constituem a proposta dos debates. O segundo dia do evento é dedicado à apresentação de trabalhos de pesquisadores interessados em discutir os assuntos correlatos. O Seminário é uma parceria do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo, do Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura da ECA-USP, e do Instituto Palavra Aberta.

As organizadoras do evento, Maria Cristina Castilho Costa (OBCOM) e Patrícia Blanco (Palavra Aberta) acreditam que a complexidade social e política suscitam aspectos que confrontam a liberdades individuais, entre elas a liberdade de expressão. Serão três mesas temáticas das quais participarão Benjamin Abdala Jr. (FFLCH/USP), Carlos Affonso Pereira de Souza (ITS), Márcio Seligmann-Silva (UNICAMP), Celso Frederico (ECA/USP), Carlos Eduardo Lins e Silva (Patri Relações Governamentais & Políticas Públicas), Pablo Ortellado (EACH/USP), Isabel Ferin da Cunha (Universidade de Coimbra) e Marcos Troyjo (Universidade de Columbia).

Além do ciclo de três mesas temáticas e da apresentação de trabalhos, o seminário contará com dois eventos paralelos: no dia 26/10 às 18h, haverá o coquetel de lançamento do livro “Privacidade, Sigilo e Compartilhamento”, e no dia 27/10 às 18h acontecerá uma leitura dramática da peça “Assim é se lhe parece”, de Luigi Pirandello, que encerrará o evento.

Haverá certificado de participação ao público em geral e de apresentação de trabalhos aos autores dos textos selecionados.

EQUIPE ORGANIZADORA
  • Organizadoras Maria Cristina Castilho Costa, Patrícia Blanco e Centro de Pesquisa e Formação do Sesc
  • Produção: Maria Cristina Castilho Costa, Patrícia Blanco e Mariana Saliola
  • Produção acadêmica: Andrea Limberto (colaboradora), Jacqueline Pithan, Lis Coutinho, Walter de Sousa.
  • Assessoria de Imprensa: Eliane Almeida
  • Coordenadores de mesa: Maria Cristina Castilho Costa e Patrícia Blanco.



Compartilhe


INFORMAÇÕES
  • Público-Alvo Pesquisadores que têm como objeto de pesquisa temas ligados à liberdade de expressão, à censura e outros meios de interdição à produção artística e jornalística brasileiras.

  • Inscrição de trabalhos: O segundo dia de trabalho apresentará ARTIGOS de pesquisadores inscritos e selecionados de acordo com a pertinência em relação ao tema. As inscrições poderão ser feitas até 15 de setembro de 2017. Uma comissão de especialistas organizada pelas coordenadoras selecionará as propostas e organizará as mesas que contarão com um coordenador. O resultado será publicado em setembro. Serão três mesas com cinco participantes cada, em três horários diferentes perfazendo um máximo de sessenta (60) trabalhos a serem selecionados.

  • Publicação dos Anais do Seminário: Os melhores artigos selecionados pela comissão organizadora, serão posteriormente publicados nos anais do evento, em fortado e-book.

Local e data



SEMINÁRIO – 2017: PÓS-TUDO E CRISE DA DEMOCRACIA



Data:
26 e 27 de outubro de 2017
Horário: 09h30 às 17h30
Local:


Centro de Pesquisa e Formação do Sesc de São Paulo
Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo - SP



Organizadores

Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura (OBCOM)

Núcleo de pesquisa da Universidade de São Paulo, atua desde 2000 na Escola de Comunicações e Artes sob a coordenação da Profa. Dra. Maria Cristina Castilho Costa e vice-coordenação da Profa. Dra. Mayra Rodrigues Gomes. Reúne pesquisadores dedicados a entenderem processos de censura e de liberdade de expressão. Surgiu em torno do Arquivo Miroel Silveira, cujo acervo guarda mais de 6 mil processos de censura teatral pertencentes ao extinto Departamento de Diversões Públicas do Estado de São Paulo, cobrindo o período de 1930 a 1970.


Centro de Pesquisa e Formação
do Sesc São Paulo


O Centro de Pesquisa e Formação do Sesc é um espaço que articula produção, formação e difusão de conhecimentos, por meio de cursos, palestras, encontros, estudos, pesquisas e publicações nas áreas de Educação, Cultura e Artes. Além de contar com salas de atividades, aulas, leitura e uma Biblioteca com 11.000 volumes, o Centro publica artigos em seu site e Biblioteca Online, multiplicando o conhecimento produzido e colaborando com o aprimoramento da Gestão Cultural.

Instituto Palavra Aberta



Surgido da união de esforços das entidades Associação Nacional de Jornais (ANJ), Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e Associação Brasileira de Agências de Propaganda (ABAP), o Instituto Palavra Aberta defende a plena liberdade de ideias, pensamentos e opiniões. A partir de pesquisas, estudos, seminários e campanhas, busca promover a liberdade de expressão, a liberdade de imprensa e a livre circulação de informação como pilares fundamentais para o desenvolvimento de uma sociedade forte e democrática. É presidido por Patrícia Blanco.